20 de fev de 2011

A estrutura do enunciado – 3ª parte: PERÍODO


Olá, caro, cara colega. Que calor, hem!

Trouxe o tablet? Certo, certo... é um período de muitas conquistas na nossa jornada. Pegue seus chinelos, suas ideias, suas noções de todo e vamos à corrida.

Dando continuidade ao nosso passeio pela sintaxe, entramos na 3ª parte da estrutura do enunciado: o PERÍODO.

Em todo enunciado que produzimos, é possível perceber a presença de pausas definidas e de emissão completa do que se tem a passar como mensagem. Essas pausas causadoras da completude de transmissão definem também os limites do objeto de estudo proposto neste momento aqui para nós, o período. O período mostra-se, assim, como uma unidade linguística completa. É uma mensagem que sempre levará em consideração o momento atualizado do emissor e do receptor. O período sempre será isolado por um “silêncio” que delimitará o início e o fim do enunciado. Atenção à pontuação; ela é de uma grandiosa importância para nosso entendimento.

Entremos agora num ambiente mais técnico. Já sabemos o que é frase. Portanto, vale observar o fato de que toda frase verbal é um período. Se você precisa de uma definição legal para período, lá vai: o período é uma frase organizada com uma ou várias orações. E, como também sabemos, sempre há oração se há verbo. Frase verbal… verbo… oração… captaste? Se não há verbo (nem os ocultos) não há frase verbal, não há oração, não há período.

Partindo-se da identificação da oração (ou das orações) sabe-se que há ocorrência de período. Em seguida, faz-se necessária a classificação desse período encontrado. O período pode ser classificado em SIMPLES ou COMPOSTO. Fala a verdade, que assunto moleza!

PERÍODO SIMPLES – É o período com apenas 1 (uma) oração. Olha aí:

Esta frase tem apenas uma oração.” – frase verbal / 1 (uma) oração denunciada pelo único verbo encontrado “ter” / período simples, portanto.

PERÍODO COMPOSTO – é o período com mais de uma oração. Ó pai, ó:

Aqui encontramos duas orações porque temos dois verbos.” – frase verbal / 2 (duas) orações denunciadas pelos dois verbos encontrados “encontrar” e “ter” / período composto, portanto.

ATENÇÃO! A regra vale para as locuções verbais também. Elas são compostas por mais de um verbo, mas expressam uma única ideia verbal. Sendo assim, um período simples é o que contém apenas um verbo ou uma locução verbal formando só uma oração. O período composto é o que contém mais de um verbo ou mais de uma locução verbal formando mais de uma oração, OK?

Vai cair um pé d’água daqui a pouco!” – frase verbal / 1 (uma) oração denunciada pela loc. verbal “vai cair” (dois verbos dando uma única ideia verbal ‘cairá’) / período simples, portanto.

Acho que é só isso em relação ao PERÍODO.

Nosso próximo assunto aqui da sintaxe será (sim, sim) AS SUBSTÂNCIAS DA ORAÇÃO - 1ª parte: O ESTUDO DO SUJEITO. Será uma novela em vários capítulos… (¬.¬). Força!

Até lá!

Fagner

5 comentários:

  1. Olá Gatinho
    Que saudade!!!!
    Sempre leio seu blog e tiro algumas ideias rsrsrsrs....

    beijos e até

    ResponderExcluir
  2. Adorei os exemplos! hehehe
    Preciso ler seu blog com mais frequencia para não esquecer o que aprendi e para aprender ainda mais contigo!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. adorei os exemplos que foram dados.
    valeu galera!!!

    ResponderExcluir
  4. Olá, visitei o seu blog e achei bem bacana a forma como detalha as explicações. Me ajudou muito! Obrigada!

    ResponderExcluir
  5. Muito bom seu Blog parceiro meus parabéns

    ResponderExcluir