24 de jan de 2011

Encontros vocálicos



Olá...

Vamos saber como diabos as vogais se encontram?

Certo! Tome banho, pegue aí sua chave, não esqueça o perfume atrás das orelhas, leve o celular e o guarda-chuva...

//

Ok! Deve já imaginar o que são os encontros vocálicos. Sim, são os encontros de vogais... (pausa dramática... Óh, céus!) ... existem tipos diferentes de encontros vocálicos; vejamos.

DITONGO – é o encontro de uma vogal + uma semivogal ou de uma semivogal + uma vogal. Céu /éw/= onde “é” é uma vogal e “u”, uma semivogal.
Colégio /yo/= onde “i” é uma semivogal /y/ e “o”, uma vogal.

Dentro da concepção de ditongo, deve-se ver se há um movimento crescente ou decrescente.

DITONGOS CRESCENTES – quando a vogal vem depois da semivogal (no caso do exemplo dado “colégio”), temos um ditongo crescente: médio /yo/, lingstica /wi/, qual /wa/, colégio/yo/.

DITONGOS DECRESCENTES – quando a vogal vem antes da semivogal (no caso de “céu” dado como exemplo anteriormente), pai /ay/, livrou /ow/, coisa /oy/ e por essa vereda vamos.

Ainda, dentro dos níveis de análise de movimentos crescentes e decrescentes, devemos observar se os ditongos são pronunciados com movimentos orais ou nasais. Os orais são produzidos com sons abertos: pai /ay/, céu /éw/, plágio /yo/ etc. Os nasais são produzidos com sons fechados: quando /wã/, mão /ãw/, põe /õy/ etc.

Sendo assim, temos as seguintes classificações para ditongos:

Ditongos crescentes orais;

Ditongos crescentes nasais;

Ditongos decrescentes orais;

Ditongos decrescentes nasais.

Certo?

TRITONGO – o tritongo acontece sempre que há a seguinte formação: semivogal + vogal + semivogal. Isso tudo deve estar na mesma sílaba, ok? Apaziguou /wow/, Paraguai /way/, saguão /wãw/ etc.

O tritongo pode ser oral, Uruguai /way/, enxaguei /wey/; ou nasal, quão /wãw/, saguão /wãw/ etc.

Sendo assim, temos as seguintes classificações para tritongos:

Tritongos orais;

Tritongos nasais.

Obs.: tanto os ditongos como os tritongos têm seus processos de formação ocorrendo obrigatoriamente na mesma sílaba. Se alguma vogal ou, eventualmente, uma semivogal se separar quando formos dividir a palavra em sílabas, cuidado, não há ditongo nem tritongo; mas sim, um hiato.

HIATO – o hiato é o encontro de duas vogais (veja bem, VOGAIS... nada de semivogal em lugar nenhum). Para saber se é hiato, basta dividir a palavra em sílabas; se as vogais ficarem em sílabas diferentes, HIATO! Se você não sabe dividir uma palavra em sílabas, … (¬.¬) nossa, que calor tá fazendo hoje, né?

O exemplo clássico é o da diferença entre as palavras pais (seu pai e sua mãe) e país (a nação).

Pais = ditongo decrescente oral /ay/ por estar em uma única sílaba (a palavra toda é uma só sílaba :P)

Ps = hiato, pois a divisão silábica da palavra (pa-ís) denuncia a presença de duas vogais (a-i).

Sendo assim, temos as seguintes classificações para encontros vocálicos:

Ditongo crescente oral;

Ditongo crescente nasal;

Ditongo decrescente oral;

Ditongo decrescente nasal;

Tritongo oral;

Tritongo nasal;

Hiato.

Uma pequena análise nas palavras cotidianas é sufuciente para conseguir chegar a alguma dessas classificações.
Uh! É isso aí! Alguma pergunta?

Muito bom... muito bom!

A próxima matéria aqui da parte de fonética e fonologia será ENCONTROS CONSONANTAIS.

Então tchau!

Fagner

Nenhum comentário:

Postar um comentário